A Billie Holiday caipira (ou a cantora folk favorita de Dylan)

No primeiro volume de sua auto-biografia (Crônicas – Volume Um), Bob Dylan relata o início de sua estadia em New York, quando chegou em Greenwich Village no começo dos anos 60. Ao descrever o famoso Cafe Wha?, Dylan lembra que sua cantora favorita no lugar era Karen Dalton. Bob a descreve como tendo a voz de Billie Holiday e o jeito de tocar violão de Jimmy Reed.

A vida da cantora folk não diverge muito dos percalços da diva do jazz. O vício em heroína e o alcoolismo fizeram com que sua carreira nunca deslanchasse. Lançou apenas dois álbuns – It’s so hard to tell who’s going to love you the best (1969) e In my own time (1971). Ambos foram fracassos de vendas.

Bob Dylan homenageou a cantora na canção Katie’s been gone, gravada no final dos anos 60 em Woodstock com The Band e que entraria no álbum The Basement Tapes (1975).

Karen perderia seus dois filhos, viveria na rua e contairia AIDS. Ela morreu em 1993 aos 55 anos. Recentemente seus álbuns foram relançados e ela passou a ter um melhor respeito após alguns artistas, como Nick Cave e Cat Power, reverenciarem a cantora.

Abaixo, alguns vídeos com canções de Karen Dalton:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=H0ZlWK-b_KY]

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=2oRJyffGdIY]

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=raLXnnlPI_I]

fonte: Dangerous Minds

One thought on “A Billie Holiday caipira (ou a cantora folk favorita de Dylan)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *