Discografia de Bob Dylan será relançada com extras!

The Complete Album Collection

Junto com o “Another Self Portrait”, um flyer chamou a atenção. Será lançado pela Sony toda a discografia de Bob Dylan remasterizada (total de 41 álbuns)! Além disso, dois discos com músicas que não constam nos discos oficiais e um livro com fotos e textos.

The Complete Album Collection

Pela imagem acima, podemos notar que o álbum Dylan, lançado em 1973 originalmente pela Asylum (num breve hiato de Bob Dylan com a Columbia), está nesta caixa.

Sobre datas, apenas temos que será no Outono americano (ou seja, antes do Natal!).

Resta saber o preço (e se será lançado em versão nacional).

ERRATA: Como lembrou o Edson nos comentários, o disco Dylan na verdade foi lançado pela Columbia em 1973 após Bob assinar com a gravadora Asylum. O lançamento do disco foi sem o consentimento de Dylan e contava apenas com sobras de estúdio das sessões de Self Portrait e New Morning. Na Asylum, Bob lançou Planet Waves e Before The Flood – discos depois adquiridos pela Columbia.

13 thoughts on “Discografia de Bob Dylan será relançada com extras!

        1. Oooops!

          Muito bem pontuado, Edson. Falha (gravíssima) a minha.

          De qualquer forma, ainda é interessante ressaltar a existência dele no box: A Columbia lançou quando Dylan já tinha saído, como uma maneira de “queimar” o cantor.

          Valeu pela correção!

      1. Separados só 14 valerão a compra, que são os “remasters” faltantes. Ainda bem que Ele não lança bonus tracks nos remasters e deixa prá Bootleg Series. Que há um pouco de respeito com os fans, há.

        1. E não esqueçam do box Original Mono Recordings, que eu julgo ser essencial pros fans. Nunca havia escutado The Freewheelin’ em mono devido ao preço absurdo das poucas cópias em vinil na época que só havia isso. Quando comprei o box passei 2 meses só ouvindo este CD The Freewheelin’ em mono pq eu não conseguia passar adiante, abria o box e ficava pensando “o que ouvirei hoje?”, bem, enquanto penso vai The Freewheelin’ e assim ficava. É deslumbrante em mono e “Play it fucking loud!”. É como estar no estúdio…. gravação “cristalina”. Era isto…

          1. Bem lembrado, Alexandre.

            Será que os discos dos anos 60 (ou pelo menos esses primeiros) virão em mono e remasterizados?

            Agora é aguardar por mais informações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *