Dylan nas 500 maiores músicas de todos os tempos

A Rolling Stone Brasil lançou no final de 2010 uma edição especial com as “500 maiores músicas de todos os tempos”, a partir de duas listas feitas por músicos e especialistas a convite da Rolling Stone americana.

Eis algumas pessoas que participaram desse júri:
– Jakob Dylan – filho de Bob
– T. Bone Burnett – produtor e músico. Tocou com Bob Dylan na turnê Rolling Thunder Revue
– Rosanne Cash – filha de Johnny Cash
– Bill Flanagan – crítico de rock e produtor da MTV. Em 2009, fez uma entrevista exclusiva com Dylan sobre o recém-lançado Together Through Life
– Al Kooper – músico. Gravou com Bob Dylan os álbuns Highway 61 revisited (o lendário orgão de Like a rolling stone), Blonde on blonde, New morning, Empire burlesque, Knocked out loaded and Under the red sky.
– Lenny Kravitz – músico. Nos anos 90, tentou “roubar” o então baterista de Dylan Winston Watson, que rejeitou o convite.
– Greil Marcus – crítico de rock e autor de diversos livros, como Like a rolling stone – Bob Dylan na encruzilhada e The old, weird america: Bob Dylan’s basement tapes (inicialmente intitulado Invisible republic)
– Roger McGuinn – líder do grupo The Byrds, que gravou diversas canções de Bob Dylan. McGuinn também participou da turnê Rolling Thunder Revue e gravou com Dylan a trilha sonora de Pat Garret & Billy The Kid
– Joni Mitchell – cantora e compositora. Escreveu a música Big yellow taxi, gravada por Bob no álbum Dylan. Joni foi também uma das convidadas na turnê dos anos 70 Rolling Thunder Revue
– Robbie Robertson – guitarrista integrante do grupo The Band. Participou nos álbuns Blonde on blonde, The basement tapes e Planet Waves
– Jerry Wexler – produtor. Junto com Dylan, produziu o primeiro álbum solo de Barry Goldberg, em 73. Wexler produziu os discos Slow train coming e Saved

Entre os artistas com mais participações na lista, Bob Dylan ficou em 3º lugar, com 13 canções. Acima dele, apenas os grupos Rolling Stones, com 14, e Beatles, com 23.

As músicas listadas entre as 500 maiores de todos os tempos foram:
Like a rolling stone – 1º lugar
Blowin’ in the wind – 14º
The times they are a-changin’ – 59º
Tangled up in blue – 68º
Mr. Tambourine man – 107º
Desolation row – 187º
Knockin’ on heaven’s door – 192º
Positively 4th street – 206º
Just like a woman – 232º
Subterranean homesick blues – 340º
Highway 61 revisited – 373º
Visions of Johanna – 413º
Mississippi – 260º

Bob Dylan também “co-participou” no 47º lugar, já que a canção é All along the watchtower, gravada por Jimi Hendrix, mas composta por Dylan e lançada inicialmente no álbum John Wesley Harding.

A edição especial também colocou seleções feitas por nove artistas com as 10 músicas que mais tocaram suas vidas. Abaixo, os artistas que incluíram canções de Bob Dylan nos seus Top10.

Solomon Burke – Blowin’ in the wind (2º lugar)
Tom Morello – Blind Willie McTell (7º lugar)
Kelly Clarkson – Make you feel my love (8º lugar)

6 thoughts on “Dylan nas 500 maiores músicas de todos os tempos

  1. Tem uma coisa interessante a respeito da Rosane, é q pouco antes de morrer o Cash entregou uma lista cm 30 musicas suas q ele queria que a filha cantasse.
    N sei se houve as versões, mas foi algo lindo de se fazer

  2. Eu li a autobiografia do Cash e ele tem uma admiração muito grande pela Rosanne… E de fato ela é muito boa. Numa parte do livro, ele responde aquela ETERNA pergunta: “Quais álbuns vc levaria para uma ilha deserta?”. Entre eles, um disco de Rosanne (The Wheel).

  3. Eu peco nisso, não me apronfundei na história dela,nem tentei dar uma chance a coitada,não por menosprezo, longe disso, por preguiça mesmo!

    Vi que fez junto a dois amigos um livro sobre Capone, congratuletions.
    Personagem FANTÁSTICO da nossa história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *