Ouça Bob Dylan fazendo rap!

Além de ter escrito o primeiro rap da história, Bob Dylan já fez sua colaboração ao mundo do hip-hop em 1986. Kurtis Blow convidou Dylan para participar do disco Kingdom Blow, na faixa “Street Rock”.

Ouça:

Em Crônicas, V.1, Bob Dylan fala sobre sua iniciação no rap e cita sua parceria com Blow.

“Danny [Daniel Lanois, produtor de Time Out Of Mind e Oh Mercy] me perguntou quem eu andava escutando ultimamente, e eu disse Ice-T. Ele ficou surpreso, mas não deveria. Poucos anos antes, Kurtis Blow, um rapper do Brooklyn que tinha um sucesso chamado “The Breaks”, havia me pedido para participar de um de seus discos, e ele me familiarizou com aquele lance, Ice-T, Public Enemy, N.W.A., Run-D.M.C. Esses caras definitivamente não estavam por aí de bobeira. Estavam batendo tambores, arrebentando, arremessando cavalos nos despenhadeiros. Eram todos poetas e sabiam o que estava rolando. Alguém diferente estava fadado a aparecer mais cedo ou mais tarde, alguém que conhecesse esse mundo, tivesse nascido e crescido com ele… que tivesse tudo e mais um pouco a ver com ele. Alguém com uma cabeça aberta e arejada e com poder na comunidade. Ele seria capaz de se equilibrar com uma perna só em uma corda bamba estendida ao longo do universo e você o reconheceria quando ele chegasse – não haveria outro como ele. O público seguiria naquele caminho, e não se poderia censurá-lo por isso.”

Será que esse “messias” um dia será o neto de Bob, Pablo Dylan? Só o tempo dirá…

6 thoughts on “Ouça Bob Dylan fazendo rap!

  1. Pablo considera ser o Bob Dylan da actualidade.Afirma que
    seu objectivo na música
    é ser o próximo Bob Dylan,com suas rimas sendo lembradas
    durante um longo período.
    Pablo, neto de Bob Dylan, também diz que Bob o opoia
    1OO por cento e que ele parece gostar das suas músicas.
    Os dois criaram um ritual e, combinam de almoçar todos os
    domingos em que Bob está em Santa Mónica, cidade de Pablo.
    Também conversam frequentemente por telefone.
    Abraço carinhoso***
    Sir Bob Dylan,Pablo Dylan e Conchita Machado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *