Prêmio Kennedy Center

No dia 7 de dezembro de 1997, Bob Dylan recebe o prêmio Kennedy Center pelo conjunto da obra no 20° cerimonial em Washington. O ator Gregory Peck, na apresentação, diz:

“Quando eu era pequeno, em La Jolla, Califórnia, que é uma pequena cidade, houve uma parada no 4 de julho e lembro-me bem de ver os veteranos da Guerra Civil a marchar pela rua principal, levantando o pó. A primeira vez que ouvi Bob Dylan, evocou em mim essa memória. E eu pensava nele como sendo algo do tipo da Guerra Civil. Há algum tempo, comprei um novo álbum de Dylan e, ao ouvir a canção “Brownsville Girl”, ouvi: ´There was a movie I seen onte time. I think I saw it through twice. It starred Gregory Peck. He wore a fun and was shot in the back. I just can’t get it out of my head.’ Dylan cantava sobre um filme que eu fiz, The Gunfighter, sobre um homem sozinho na cidade com pessoas que o perseguem para o matar e com toda a gente querendo que ele saia da cidade antes de começar o tiroteio. Quando conheci Bob, disse a ele o quanto aquilo tinha signficado para mim e a melhor forma de poder resumi-lo é dizendo: Bob Dylan nunca esteve para sair de uma cidade antes de começar o tiroteio. Obrigado, Sr. Dylan, por agitar o país e as eras.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=79C8VhvBq1A]

fonte

One thought on “Prêmio Kennedy Center

  1. sabe o que eu gostaria muito de ver por aqui? a influência do woody guthrie na obra do dylan, e o encontro entre os dois. você deve ter o CRÔNICAS volume um aí. e o dylan fechou contrato com a editora americana Simon & Schuster para publicação de mais SEIS LIVROS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *