Warren Zevon

Bob Dylan é autor de muitas façanhas: além de suas composições, é tido como o pioneiro no Folk Rock, o primeiro a incluir a poesia na música pop e foi o responsável até por criar um emprego – de porta-voz de sua geração. Esta última é creditada a Bob por Warren Zevon, durante uma entrevista a Dave Letterman.

Warren Zevon foi um músico cujo estilo de letra se assemelhava muito ao de Dylan. Com suas letras que flertavam com o cinismo, sarcamos e engajamento político, estava uma sensibilidade que poucos conseguiram. E talvez por isso Bob se aproximou de Warren.

Em 1987, após cinco anos sem lançar disco e quase conhecendo a morte através do alcoolismo (que ele chamava de uma saída “covarde”), Warren Zevon lançou o disco Sentimental Hygiene. No álbum, vários artistas famosos participaram: R.E.M, Flea (baixista do Red Hot Chili Peppers), Neil Young e Bob Dylan – que tocou gaita na canção The Factory.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=NLkG0M4eHw0]

Em 2002, Warren Zevon foi diagnosticado com um tipo raro de câncer, que o dava pouco tempo de vida. Conseguiu terminar seu último disco, The Wind, de 2003 e que contava com uma cover corajosa e emocionante de Knockin’ on Heaven’s door. Ele morreria em setembro do ano seguinte.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=jKHFWpaTUmY]

Ainda em 2002, Bob Dylan incluiu em parte dos seus shows algumas músicas de Warren Zevon: Accidentally Like A Martyr, Mutineer, Boom Boom Mancini e Lawyers, Guns and Money. Harold Lepidus, em um ótimo post sobre Zevon, afirma que Dylan chegou a tocar três delas no mesmo show.

Em um trecho da bela canção Accidentally Like A Martyr, há a seguinte estrofe:

The days slide by
Should have done, should have done, we all sigh
Never thought I’d ever be so lonely
After such a long, long time
Time out of mind

Pergunto: seria daí que a referência para o título álbum de 1997?

Além de Bob Dylan, Warren recebeu uma bela homenagem de Dave Letterman, com quem trabalhou substituindo Paul Schaffer durante algumas semanas. Meses antes de morrer, Warren foi ao Late Show e participou como convidado único, sendo entrevistado e interpretando três músicas no programa.

Veja as interpretações de Bob Dylan para as canções de Zevon:

Accidentally Like A Martyr (a partir do minuto 1:08)

Boom Boom Mancini

Mutineer

Lawyers, Guns and Money

Bônus

Durante a última entrevista a Dave Letterman, ao ser questionado sobre o que mudou sua vida após o diagnóstico da doença e a iminência da morte, Warren respondeu que passou a “curtir cada sanduíche”. E foi com essa frase, Enjoy Every Sandwich, que foi batizado um tributo com vários músicos interpretando canções de Zevon.

Abaixo, dois filhos: Jakob Dylan (na época ainda no Wallflowers) e Jordan Zevon no programa Late Show, de Letterman.
[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=9KdHuZXWxGo]

3 thoughts on “Warren Zevon

  1. Pedro, a propósito desta bela versão de Knockin’ on Heaven’s Door, e sua relação com a proximidade da morte, lembrei-me de uma coletânea que fiz em que descobri um filme russo que leva o nome da música, que comparece na cena final:

    http://www.youtube.com/watch?v=ROn_6LClThE

    Não consegui saber nada do filme, fiquei com os fragmentos do youtube. Bem, meu post é meio amador, pode ser que alguns vídeos tenham sido removidos, meu intuito foi apenas me divertir um pouco:

    http://thmari.blogspot.com/2011/07/antologia-knockin-on-heavens-door.html

    Por aqui, como sempre, Bob Dylan em rotas curiosas. Quanto a Knockin’ on Heaven’s Door, quantas histórias e versões.

    Abraço.

    1. Mariana,

      O filme russo parece ser bom, hein?

      Uma das coisas que eu acho interessante nessa música é como ela tem o potencial de ser piegas (às vezes ela até consegue). Contudo, em vários casos, principalmente na cena de Pat Garrett (e no filme russo), o contexto justifica a música inteira.

      Se pensarmos que ela foi feita como trilha-sonora, só a torna ainda mais adequada, né?

      Beijos e obrigado pelo comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *