Dylan Cover #4 – Ani DiFranco

A música Hurricane é normalmente considerada uma volta de Dylan a canção de protesto. A quem ache, como Lester Bangs, que foi apenas uma estratégia oportunista de Bob para voltar aos holofotes.

O fato é que a letra é forte e direta. Construída como se fosse um script de filme, Hurricane relata e critica o caso polêmico da condenação equivocada do lutador Rubin “Hurricane” Carter por assassinato em 1967. Carter escreveu uma autobiografia e foi a partir dela que Bob tomou conhecimento dos detalhes, chegando a visitar Rubin na prisão antes e depois de gravar a música.

A cantora e feminista Ani DiFranco regravou a canção em 2000, no álbum Swing Set. A versão dela parece mais atualizada e rústica, mas não conseguiu captar a interpretação imponente de Dylan em seu álbum Desire.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=6On-ywDr-GU]

4 thoughts on “Dylan Cover #4 – Ani DiFranco

  1. Oportunista ou não, é uma das minhas músicas favoritas dele. Adoro a história que ela conta e a melodia feroz, que foi justamente o que senti falta no cover… Boa voz, mas pouca alma, revolta.

    1. Leca,

      Essa acusação de oportunista sempre existiu em boa parte da carreira de Dylan, mas estou do seu lado e acho que, independente da razão que o motivou, Bob consegue compor de forma autoral e natural.

      Oq me chamou a atenção nesta versão foi a parte instrumental, mas Ani não conseguiu passar a mesma mensagem. Podemos dizer que são músicas diferentes.

      No mundo “dylanesco”, há uma máxima que soa fanática, mas que em muitos casos (como este) é aplicável: Nobody sings Dylan like Dylan.

      Obrigado pelo comentário!

      Beijos

  2. Caso fosse uma “estratégia oportunista” Dylan teria continuado apresentando ao vivo esta música. Quando ele se desiludiu com a causa Rubin Carter simplesmente parou de apresenta-la, e isso que é uma de suas maiores composições na minha opinião (dizem até que é uma das origens do rap). Ponto prá ele.

  3. Pedro, tinha que voltar a este post. Vimos (Mauri e eu) ontem o filme The Hurricane e qual não foi a nossa surpresa ao ver que não somente a música é interpretada diversas vezes, como também o próprio Bob Dylan faz uma rápida aparição?! Ainda me surpreende a letra que “conta o filme” com suas locações e personagens de maneira tão impressionante. Nunca vai deixar de ser minha canção favorita! :)

Leave a Reply to Alexandre Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *