Dylan Maps (os locais das capas dos álbuns)

Até então com endereço desconhecido, a escadaria em que Bob aparece na capa do álbum Highway 61 Revisited teve seu local descoberto graças a uma investigação apurada de Bob Egan.

Egan começou sua pesquisa para descobrir o endereço da capa de Blonde on Blonde, que ainda ainda não descobriu. Enquanto isso, deparou-se com os endereços de dois outros albuns de Dylan.

Em seu site, Egan mostra todos os passos, detalhes interessantes de cada fase das suas descobertas e mostra as pistas que o ajudaram a encontrar os locais.

via Michael Gray

2 thoughts on “Dylan Maps (os locais das capas dos álbuns)

  1. Pedro, parabéns pelo blog, pelo trabalho cuidadoso. Já é uma referência para mim.

    Em tempo, você conhece esse poema do Dylan que o Deleuze cita? Sabe onde o Dylan falou isso?

    Sim, sou um ladrão de pensamento não, por favor, um
    ladrão de almas
    eu construí e reconstruí
    sobre o que está à espera
    pois a areia nas praias
    esculpe muitos castelos
    no que foi aberto
    antes de meu tempo
    uma palavra, uma ária, uma história, uma linha
    chaves no vento para que minha mente fuja
    e fornecer a meus pensamentos fechados uma corrente de ar fresco
    não é coisa minha, sentar e meditar
    perdendo e contemplando o tempo
    pensando pensamentos que não foram pensados
    pensando sonhos que não foram sonhados,
    idéias novas ainda não escritas,
    palavras novas que seguiriam a rima…
    e não ligo para as novas regras
    já que elas ainda não foram fabricadas
    e grito o que soa em minha cabeça
    sabendo que sou eu e os de minha espécie
    que faremos essas novas regras,
    e se as pessoas de amanhã [16]
    tiverem realmente necessidade das regras de hoje
    então juntem-se todos, procuradores generais
    o mundo não passa de um tribunal
    sim
    mas conheço os acusados melhor que vocês
    e enquanto vocês se ocupam em julgá-los
    nós nos ocupamos em assobiar
    limpamos a sala de audiência
    varrendo varrendo
    escutando escutando
    piscando os olhos entre nós
    atenção atenção
    sua hora há de chegar.

    http://revistapolichinelo.blogspot.com/2011/07/rock-da-filosofia-de-deleuze-bob-dylan.html

    http://filoczar.com/filosofia/Giles%20Deleuze/Gilles%20Deleuze%20e%20Claire%20Parnet%20-%20Di%E1logos%20(rev).pdf

    Beijinho.

    1. Mariana,

      Muito obrigado pelos elogios. Saiba que o Dylanesco sofrerá algumas mudanças – para melhores – e é bom saber que estou no caminho certo.

      Pelo que eu vi no PDF q vc passou, o poema está no livro Writings & Drawnings, um compilado de desenhos, traços, notas de capa, poemas e letras inéditas. Foi lançado em 1973.

      http://www.amazon.com/Writings-Drawings-Bob-Dylan/dp/0224008676/ref=sr_1_3?ie=UTF8&qid=1313626564&sr=8-3

      Espero ter ajudado.

      Beijos!

Leave a Reply to Mariana Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *